Japuaçu: e a Estrela do Fogo
Japuaçu: e a Estrela do Fogo

É uma lenda indígena brasileira. Trata de sentimento, como o amor, o ódio, segurança, inveja, ciúme e alegria, e mantém viva a chama da esperança. Japuaçu continua cantando para iluminar o coração de todos os apaixonados. A morte não é o fim de todas as coisas.

Editora: DCL

Ilustrações: Lina Kim

botão comprar
Flor sem Nome
Flor sem Nome

Era uma vez uma florzinha que esqueceram de dar um nome. Era vivia triste e não sabia porque, até que um passarinho descobre o seu problemas. O escritor Fernando Sabino escreveu: "o que ha de mais extraordinário neste Livro é que Luciana Savaget consegue combinar delicadeza e aventura."

Editora: José Olympio

Ilustrações: Rui de Oliveira

botão comprar
O Amor de Maria, a Bonita
O Amor de Maria, a Bonita

Maria Bonita, mulher de bravura do cenário de caatiga e sol do Nordeste Brasileiro, teve trajetória singular entre tantas Marias desse sertão. Mulher destemida, seguiu a poeira das estradas ao lado de seu amado. Não perdia a postura e, além da valentia, era afeiçoada à vaidade. Não precisou de salões nem vitrines para inspirar, a seu modo, a moda feminina, cuidadosa em realçar os próprios encantos...

Editora: DCL

Ilustrações: Miadaira

botão comprar
Não Gosto, Não Quero
Não Gosto, Não Quero

Quem não conhece aquela menina que - mal humorada - vive resmungando e acaba se esquecendo como se faz para sorrir? Em Não gosto, não quero, Luciana Savaget deixa bem claro que tristeza não nos leva a lugar nenhum e que o mundo fica muito melhor se deixarmos espaço para a alegria.

Editora: Ediouro

Ilustrações: Roger Mello

botão comprar
É Meu! Cala Boca! Quem Manda Aqui Sou Eu!
É Meu! Cala Boca! Quem Manda Aqui Sou Eu!

Até que ele era um menino bem bonitinho mas era tão mandão que espantava todo mundo. Só falava: “É meu! Cala boca! Quem manda aqui sou eu!”. Por isso, É meu! não tinha nenhum amigo, e se sentia muito triste e sozinho em seu quarto abarrotado de brinquedos. O livro trata com muita graça e humor um tema bem atual: o egoísmo e a solidão de um menino mandão, filho de pais super ocupados que substituem o afeto por brinquedos.

Editora: Larousse Do Brasil

Ilustrações: Roger Melloo

botão comprar
Dadá a mulher de Corisco
Dadá a mulher de Corisco

Dadá esbanjava coragem de homem sem nunca deixar de ser feminina. De menina assustada passou a mulher destemida, ao lado dos cangaceiros, em suas fugas intermináveis pela caatinga.
Mesmo vivendo sob tiros e cheiro de pólvora, teve sete filhos e foi capaz de fazer moda, costurando famosos bornais usados pelo cangaceiros.

Editora: DCL

Ilustrações: Miadaira

botão comprar
Meu Padrinho, Padre Cícero
Meu Padrinho, Padre Cícero

Meu Padrinho, Padre Cícero foi personagem da vida real. Um dos religiosos mais populares do Brasil, Padre Cícero tem devotos nos quatro cantos da país, mas é em Juazeiro do Norte, lugar onde fez sua fama, o centro de peregrinação. Nesta obra de ficção, Luciana Savaget nos lembra quem foi Padim Ciço - como era chamado popularmente - por meio dos milagres que fez na vida do personagem Romão, um violeiro andante, contador de histórias musicadas...

Editora: DCL

Ilustrações: Jô Oliveira

botão comprar